domingo, 18 de setembro de 2011

TEXTO DIDÁTICO: RECURSOS NATURAIS

AGINDO PARA PRESEVAR AS FONTES DE ENERGIA DO PLANETA TERRA: USO ADEQUADO DOS RECURSOS NATURAIS


       1. O que são recursos naturais

            O nosso planeta está repleto de elementos, matérias e substâncias que são essenciais para a vida dos seres humanos.
         Eles são os recursos naturais e recebem esse nome porque são retirados da natureza e aproveitados em muitas atividades importantes do nosso dia-a-dia, como a geração de energia elétrica e a fabricação de papel.
         O ar, as florestas, a água e o solo são alguns dos recursos naturais existentes na Terra.


2. Recursos naturais renováveis e recursos naturais não-renováveis

            Há dois tipos de recursos naturais: os recursos naturais renováveis e os recursos naturais não-renováveis.
              Os recursos naturais renováveis têm o seu ciclo de existência renovado naturalmente depois de serem utilizados pelos seres humanos. Podemos citar o ar, a água, a energia solar e a vegetação das florestas como exemplos de recursos naturais renováveis.  

      Os recursos naturais não-renováveis não têm o seu ciclo de existência renovado naturalmente depois de serem utilizados pelos seres humanos. Se eles não forem usados da maneira adequada, poderão desaparecer no futuro. Podemos citar o carvão mineral, o alumínio, o petróleo e o gás natural como exemplos de recursos naturais não-renováveis.       
   
           


3. Brasil, um país rico em recursos naturais

            Felizmente, o Brasil é um país abundante em recursos naturais. Todos os estados brasileiros têm recursos naturais renováveis e não-renováveis que ajudam a população de alguma forma.
         No Sul do Brasil, a madeira, o carvão mineral e o chumbo ajudam as indústrias a produzirem móveis, papéis e combustíveis para as máquinas. No Sudeste, o petróleo, o sal marinho, o ferro e o alumínio contribuem para a criação de óleos, de temperos e de automóveis. No nordeste, o babaçu, o cobre, o gás natural e o petróleo são utilizados na fabricação de alimentos, de condutores de eletricidade e de combustíveis. No Norte, a borracha, o ouro e as castanhas são necessários para a confecção do látex, de materiais eletrônicos e para a preparação de especiarias. E no Centro-Oeste, o ouro, o diamante e o manganês auxiliam na produção de equipamentos elétricos.
         Além disso, os estados brasileiros possuem recursos naturais renováveis que são usados constantemente em diversos trabalhos. A água dos rios, por exemplo, abastecem diversas usinas hidrelétricas do país.


4. A utilização adequada dos recursos naturais para mantê-los preservados

Mesmo assim, é fundamental refletir sobre a preservação dos recursos naturais, porque a exploração deles modifica o nosso planeta.
A retirada da madeira das florestas e de minérios do solo são algumas das atividades que mais poluem o ecossistema.
Essas ações produzem efeitos que vão desde a contaminação dos rios até a extinção de espécies de animais.
Para evitar a exploração incessante do meio ambiente, é necessário pensar em meios que possibilitem a preservação dos recursos naturais. A reciclagem de materiais é uma boa opção, porque os objetos já fabricados pelas indústrias são reaproveitados, o que impede o consumo exagerado.
A existência de muitos recursos naturais não-renováveis também pode ser prolongada dessa forma.


5. Fontes de energia que não poluem

Da mesma maneira que o ser humano precisa dos recursos naturais para atender às suas necessidades, algumas alternativas podem ser utilizadas para prevenir a poluição e a devastação da natureza.
A água dos rios, por exemplo, faz com que usinas hidrelétricas funcionem e evitem a queima de combustíveis das grandes indústrias em trabalhos que exigem a geração de energia.
A energia produzida pelo sol (energia solar) e pelo vento (energia eólica), da mesma maneira, não poluem o meio ambiente e são muito úteis para todos os seres humanos. Mas o uso desse tipo de produção de energia ainda é muito pequeno no país, porque os seus custos são caros.
Todos os anos, cientistas devem se empenhar para criar novas formas de produção de energia com o uso dos recursos naturais renováveis.


6. Conclusão

Os recursos naturais estão presentes em todos os produtos que utilizamos. Portanto, é impossível deixar de explorar o planeta para fabricá-los.
Mas pensar na sua preservação também é muito importante. Todos nós podemos reciclar materiais e produtos que compramos diariamente.
Além disso, podemos incentivar a criação de novas usinas que façam uso da energia solar e eólica, porque elas não poluem a natureza.
O nosso planeta sempre ficará agradecido quando as nossas ações evitarem a sua devastação.



Glossário

Abundante – farto, rico.
Constantemente – de forma contínua.
Devastação – destruição.
Diversos – vários, inúmeros.
Efeitos – resultados, conseqüências.
Elementos – componentes, matérias-primas.
Fundamental – essencial.
Incentivar – estimular.
Incessante – que não cessa, não acaba.
Matéria – substância que faz parte dos corpos vivos e dos lugares da Terra.
Opção – escolha.
Prevenir – evitar, impedir.  
Substâncias – propriedades de alguém ou de algo.





Dica do Geo cinema:  O vídeo A história das coisas, disponível no site historiadascoisas@sununga.com.br, para trabalhar o uso dos recursos naturais e Ilha das flores, disponível em: www.portacurtas.com.br, para trabalhar a mecânica da sociedade de consumo.

REFERÊNCIAS


AOKI, Virgínia. Geografia – 4º ano. São Paulo: Moderna, 2007.
BRASIL. Recursos naturais. 2010. Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/sobre/geografia/recursos-naturais>. Acesso em: 14 set. 2011.

FREITAS, Eduardo de. Os recursos naturais. 20-?. Disponível em: <http://www.brasilescola.com/geografia/os-recursos-naturais.htm>. Acesso em: 14 set. 2011.

JUNQUEIRA, Silas Martins; OLIVEIRA, Maria da Conceição Carneiro. Geografia: pensar e construir – 3ª série. São Paulo: Scipione, 2004.

Créditos: Maria Celeste e Victor Moreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário